A baixa produtividade é um problema comum entre indústrias de diversos segmentos e pode estar diretamente ligada a problemas de manutenção dos ativos da indústria, trazendo consequências como:

  • Aumento com custo de manutenções de máquinas e equipamentos.
  •  Impactos na linha de produção.

Garantir que os recursos da empresa sejam utilizados de maneira adequada ao processo produtivo é fundamental para que o desperdício seja minimizado aumentando os rendimentos da empresa.

Listamos abaixo algumas das principais causas identificadas no mercado para a baixa produtividade para te auxiliar nesta tarefa de análise interna:

  1. Má gestão do time técnico de funcionários ligados a produção e equipe de manutenção (interna e/ou externa).
  2. Máquinas obsoletas e pouco automatizadas.
  3. Retrofit de máquinas e outras alternativas.
  4. Layout da planta fabril e adequação a processos automatizados em sistemas.

Sem um nível de produtividade conhecido, é impossível calcular alguns indicadores importantíssimos, tais como:

  • homem-hora disponível da equipe técnica;
  • backlog de atividades pendentes;
  • custo de manutenção corretiva, preditiva, preventiva.

Atualmente, a gestão efetiva da manutenção é uma das principais formas para se reduzir o custo e aumentar a lucratividade de seu negócio.

Empresas de segmentos diversos que entenderem e aplicarem em seus negócios processos proativos de manutenção sairão na frente da concorrência, tornando seus processos produtivos mais confiáveis e seguros.

Este é um conceito novo e inovador que traz consigo uma quebra de paradigmas, além da mudança cultural que serão essenciais para o crescimento e destaque no mercado.

A tecnologia está em constante mudança e pode ajudar a indústria a melhorar cada vez mais seus processos e atingir resultados ainda maiores.

Fechar Menu